Cremes dentais naturais

Assim como nos posts anteriores (sobre escova de dentes e hábitos bucais), dessa vez convidei minha amiga Helena Dutra para escrever. Ela é mestre em dentística pela UFRJ e professora de Yoga. Ela nos explicou sobre os cremes dentais naturais.

Helena Dutra, mestre em Dentística pela UFRJ, Professora de Yoga e artesã.

Histórico da medicina natural

A medicina é uma ciência milenar ligada à manutenção, prevenção e preservação da saúde do indivíduo. Por ser observador, o homem primitivo aprendeu buscar na natureza alimentos e elementos para aliviar ou curar mazelas. Inúmeros compostos naturais foram utilizados para a extração dos princípios ativos, que se tornariam os primeiros remédios da humanidade.

O primeiro registro sobre a utilização de plantas medicinais é de uma farmacopeia chinesa de 2838-2698 ac.

Cerca de 365 ervas medicinas e venenos foram catalogados pelo imperador chinês Shen Nung.

Já em 1500 ac, textos sagrados do Hinduísmo mostravam as bases da medicina indiana ou medicina Ayurveda. Que sempre usou compósitos naturais como base para seus remédios.

Dessa forma, as plantas eram usadas para tratar e curar quase todos os sintomas e doenças existentes. Porém, a partir do final do século XIX e começo do XX as práticas curativas da medicina popular começaram a ser substituídas pela química e pesquisa experimental.

A Revolução Industrial começou a acelerar a produção de novos medicamentos e de drogas sintéticas. Aliado à isso, as pesquisas e os testes de eficácia, reduziram os tratamentos primitivos, dando espaço para a alopatia.

Essa evolução da medicina melhorou a qualidade de vida das pessoas. Além de ter sido vital para a diminuição das taxas de mortalidade.

Ressurgimento da medicina natural

Porém, também no século XX, inúmeros fatores, tais como, o aumento da população e a desigualdade social. Os obstáculos ao acesso de um centro hospitalar, exames e medicamentos. Efeitos colaterais indesejáveis pelo o uso de remédios industrializados e uma insatisfação quanto ao sucesso limitado de algumas terapias médicas convencionais. Levaram ao surgimento de mudanças em uma parte da população e uma retomada da medicina à base de plantas, ressurgiu.

No final do anos 90, especialistas sugeriram uma iminente ameaça à saúde do planeta, devido às mudanças climáticas e ao impacto ambiental causado pelo homem. Elevando o número de pessoas com uma consciência ecológica. Que começaram a optar por um produto fabricado em menor escala e natural. Em detrimento de grandes marcas que favorecem à indústria.

Todos esses fatores levaram ao aumento do consumo de produtos naturais por parte da população, seja por necessidade ou preferência. Cresce a produção de itens naturais para o cuidado pessoal, enquanto se mantém estável a de sintéticos.

Novas marcas surgem a cada momento, agregando novos conceitos de valor, tais como, uma produção que não agrida o ecossistema, muitas vezes artesanal. A preferência por produtos de origem vegetal e a não utilização de componentes químicos. Essas novas empresas atingem praticamente todos os setores da indústria. Lançando no mercado, desde produtos alimentícios, têxteis, cosméticos, e produtos odontológicos.

Produtos naturais odontológicos

A categoria de produtos naturais de higiene oral oferece, principalmente, escovas de dentes ecológicas, enxaguantes bucais e cremes dentais.

Os creme dentais naturais normalmente contêm extratos vegetais no papel de agentes antibacterianos e/ou antifúngicos. Muitas vezes esses princípios ativos possuem algum tipo de coloração. Aliado à isso, alguns levam na sua composição minerais abrasivos para auxiliar na remoção de manchas durante a escovação.

Influência dos produtos naturais nos dentes

Como já explicado, as manchas nos dentes podem ser por fatores intrínsecos ou extrínsecos. As manchas extrínsecas tendem a formar-se em áreas nos dentes que são menos acessíveis à escovação diária. Consequentemente, à ação dos abrasivos contidos nos dentifrícios.

Estes tem como função remover as manchas, provenientes dos fatores extrínsecos, através do movimento mecânico da escovação. O efeito colateral relacionado aos abrasivos é o desgaste da estrutura dentária e o aumento da rugosidade superficial. Potencializados por uma escovação inadequada e o tipo de escova.

Grande parte das pastas naturais traz em sua composição substâncias não industrializadas e sintéticas. E em estudos realizados foi possível observar que os dentifrícios avaliados não foram capazes de promover alteração de cor nos dentes, portanto não influenciam a estética dos dentes.

Você é adepto dos produtos naturais? Gostaria de obter mais informação desses produtos?  Agende sua consulta conosco, tire suas dúvidas e iremos juntos propor o melhor tratamento para a sua necessidade.

O nosso cartão de visita é o seu sorriso!
“Brilhe como um diamante”
Drª. Isabel Andrade